Ansiedade

Letícia e Igor
12 de janeiro de 2019
Cerimonialista também casa!
12 de janeiro de 2019

Na reta final do meu casamento, sempre ouvia a Thê me dizendo aqui no escritório: Bru, não precisa ficar ansiosa. Curte os preparativos do casamento, a vida vai se ajeitando aos poucos. Engraçado, a frase dela não me parecia estranha. Quando refletia, reparei que falar sobre isso com outros casais era normal, o que eu não esperava era me deparar com a ansiedade e medos que batem na porta do nosso coração quando estamos prestes a se casar.
O QUE É A ANSIEDADE?
Exceto de preocupação com o futuro.
No meu caso, me preocupava com o dinheiro para dar conta de pagar tudo, o roteiro ainda não definido da lua de mel, a casa ainda não mobiliada, a chuva, a lista de convidados, o medo do futuro e da nova rotina.

1. Papel e caneta
Faça uma lista de tudo aquilo que te aflige. Depois, pense nas questões em que é possível tomar alguma iniciativa. Muitas das causas da ansiedade são pendências à serem resolvidas. Para essas causas, ligue amanhã para o fornecedor que ainda não fechou, peça ajuda para sua cerimonialista quanto à sua dúvida, faça o roteiro da lua de mel. Para a lista de convidados, não convide além da conta para não ter que contar com a quebra. 
Medo da chuva? Sente com o noivo e defina se a tenda estará no orçamento de vocês. Caso contrário, entregue essa preocupação e acione a fé. Tem certos medos que não cabem a nós nos preocuparmos ou andarmos ansiosas, pois são situações que não estão ao nosso alcance.
2. Declare em voz alta os pensamentos que te deixam ansiosos
– Não queria chamar aquela tia por obrigação– Tenho medo de não conseguir pagar tudo– Queria que minha casa tivesse sofá ou mesa de jantar, mas não temos dinheiro para isso– Estou com medo de pegar aquele voo. – Como será a noite de núpcias?
Muitas das vezes, colocar pra fora alivia a nossa ansiedade. Você já reparou que muitas das vezes estamos ansiosos mas não diagnosticamos a causa? Dê nome a sua ansiedade, dê nome aos seus medos, seus traumas e gigantes.
3. Escolha descansar
Você já diagnosticou a causa da ansiedade, listou uma à uma e a declarou. Agora é vez de entregar esses pensamentos e escolher descansar. Talvez você precisa repetir esse exercício diariamente, mas descansar é uma escolha.
Escolha fazer algo bom para você mesmo. Respirar fundo, ler um livro, ver um filme que gosta. Com dois meses de casada, penso nas sábias palavras da Thê. No fim das contas a casa se ajeita aos poucos, a lua de mel é mais do que especial e o que temos do Grande Dia é saudade e boas lembranças.

Crédito Foto: Diego Couto PhotoInstagram: @bonsonhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *